publicidade
Laurie Locci Pires
1-
Nome:King
Raça:Lhasa Apso
2-
Nome:Tobby
Raça: Labrador
3-
Nome:Mimi
Raça:SRD
4-
Nome:Belinha
Raça:Maltes
5-
Nome:Jeff Tweedy
Raça:Calopcita
Sete problemas que causam diarreia nos filhotes
Compartilhe essa notícia  |
Um problema muito comum que acomete filhotes de cães é a diarreia. A gravidade da disfunção intestinal pode variar de leve a muito grave, podendo até ser fatal, dependendo da causa, que nem sempre pode estar relacionada com a alimentação. Confira algumas situações que podem provocar a diarreia:
 
Vermes
 
Entre as causas mais comuns da diarreia em filhotes estão os vermes, como lombrigas, tênias e parasitas. Muitos cachorrinhos nascem ou os adquirem logo após o nascimento, a partir do leite da mãe.
 
O ponto positivo é que, na maioria dos casos, os vermes geralmente são fáceis de tratar. Por isso, é importante verificar com o veterinário com que frequência seu cão deve tomar o vermífugo.
 
Protozoários parasitas
 
Assim como os vermes, os protozoários parasitas também podem causar sintomas. Eles se alojam no trato gastrointestinal do bichinho. Diferente dos vermes, estes parasitas são organismos unicelulares. Os protozoários mais comuns encontrados nos filhotes são os coccídeos e a giárdia.
 
Esses dois parasitas são razoavelmente fáceis de tratar. No entanto, eles têm facilidade em provocar desidratação, o que pode trazer sérias complicações ao pet.
 
Mudanças na alimentação
 
Muitas vezes, os donos mudam a dieta de seus filhotes radicalmente. A intenção pode até ser boa, ao oferecer um alimento mais nutritivo, por exemplo, mas cuidado ao trocar a comida da qual ele está acostumado por outra.
 
Independentemente disso, as mudanças bruscas frequentemente acarretam em problemas para o trato intestinal do filhote e aí se dá a diarreia. O correto é fazer a mudança de forma gradual, num espaço entre 7 e 10 dias. Uma dica é misturar um pouquinho do novo alimento com o que ele está acostumado a consumir. Faça a substituição de forma gradual.
 
Estresse
 
O estresse é um fator conhecido como causador de diarreia em muitos de nós e nos filhotes também. Ter sido separado de sua mãe e de seus irmãozinhos, e passar a morar em uma nova casa e ter uma nova família podem ser o suficiente para causar a diarreia em alguns cachorros.
 
Comer objetos estranhos
 
Assim como as crianças, os filhotes são curiosos e aprontam das suas. É comum vê-los com objetos estranhos na boca, e é aí que mora o perigo, pois quando ingeridos, podem ser um potencial para a doença.
 
Um sinal que pode denunciar que o bichinho comeu o que não deveria comer é a diarreia. Porém, em algumas situações, esses objetos podem se alojar no estômago ou intestino, causando obstrução e tornando-se potencialmente fatal.
 
Parvovirose canina
 
A parvovirose canina, também chamada de parvo ou CPV, é uma doença viral que pode ser facilmente transmitida pelo contato com as fezes de cães infectados.
 
Muitas vezes a parvovirose pode ser fatal para os filhotes. Os sintomas de que os cachorrinhos estão com parvovirose são diarreia, vômitos, falta de apetite, letargia e desidratação.
 
Coronavírus canino e outras doenças
 
Além do parvovírus, outros vírus também podem infectar os filhotes e causar diarreia. Entre elas, está o coronavírus canino. Embora não seja tão grave quanto a parvovirose, essa virose pode deixar o cachorro muito doente.
 
Outros sintomas
 
Um dos sinais de que o cãozinho está com problemas intestinais é o hábito de comer grama. Isso acontece para estimular o vômito. Perda de apetite, fezes com a presença de muco ou sangue, náuseas, perda de peso e flatulências também podem ser sintomas de problemas no trato intestinal. Fique atento ao comportamento do seu pet!
 
Como tratar a diarreia em filhotes?
 
Considerando que as causas podem ser variadas, é necessário que um médico veterinário avalie e dê o diagnóstico do paciente. Com base nisso, ele irá escolher o melhor remédio para diarreia e a dieta ideal para que o animal se recupere.
 
Se o seu filhotinho está sofrendo de diarreia, não está comendo e estiver vomitando, saiba que isso não se resolve de uma hora pra outra. A melhor coisa a fazer é levar seu pet ao veterinário para uma consulta. Se possível, leve uma amostra das fezes para que o veterinário examine.
 
Fonte Petmag
 
Deixe seu comentário:
Nome:
Comentario:
Digite os caracteres que você vê na imagem


Comentários
FACECÃO A REDE SOCIAL DO SEU AMIGUINHO - 2012 ©Todos os direitos reservardos
Desenvolvido por: ELLOS DESIGN