publicidade
Laurie Locci Pires
1-
Nome:King
Raça:Lhasa Apso
2-
Nome:Tobby
Raça: Labrador
3-
Nome:Mimi
Raça:SRD
4-
Nome:Belinha
Raça:Maltes
5-
Nome:Jeff Tweedy
Raça:Calopcita
Cães e gatos são mesmo inimigos?
Compartilhe essa notícia  |
Cães e gatos não são inimigos
 
A ideia de que cães e gatos se odeiam é tudo fruto da nossa imaginação. Pois é, gatos são animais com instintos predatórios,hublot replica watches eles atacam ratos e pássaros, pois esses seriam suas presas na vida na floresta.
 
O mesmo acontece com os cães e gatos, qualquer animal menor desperta nos cães seus instintos de predador, assim como ratos, pombos e lagartixas, os gatos e seus rápidos movimentos despertam no cachorro esse instinto.
 
 
Muitas vezes o cão nem tem interesse em matar o gato, apenas uma grande curiosidade que pode se agravar com o fato do gato demonstrar medo e subir rapidamente em um muro. Mas isso não significa que cães e gatos são inimigos mortais.
 
O erro dos humanos
 
Quando nós humanos colocamos em nossas cabecinhas que os gatos e cães são inimigos, a gente simplesmente começou a desestimular a convivência entre as duas espécies, o que fez com que cães e gatos começassem a se estranhar cada vez mais.
 
 
Se você Swiss Replica Watches pegar um filhote de cão e coloca-lo junto a um filhote de gato, os dois provavelmente vão brincar amigavelmente, primeiro porque como ainda são filhotes os dois ainda não associaram a outra espécie a experiências ruins e assim podem se tornar amigos facilmente.
 
Níveis de energia diferentes
 
Os cães e gatos geralmente apresentam níveis de energia bem diferentes, enquanto o cão costuma ser bem mais agitado, o gato costuma ser um animal mais tranquilo, e juntar essas duas energias em um mesmo espaço pode gerar problemas.
 
 
O que não significa que eles sejam inimigos, apenas significa que os dois precisam de supervisão, de convívio e de tempo para entender até onde vão os limites do outros. Os cães costumam invadir mais o espaço e acabar mais rápido com a paciência dos gatos do que o contrário.
 
Na vida selvagem
 
Agora vamos para os ancestrais ainda vivos desses animais que nós amamos como filhos, os canídeos e felinos não se confrontam na vida real, muito raramente um lobo e um felino como um leopardo ou tigre iriam se enfrentar.
 
E essa diferença de tamanho e falta de convívio desperta curiosidade e instintos de caça no cão, que pode facilmente perder uma briguinha para um gato mais corajoso e sem medo de cachorros.
 
Como fazer cães e gatos conviverem?
 
Para começo de conversa é necessário entender que nem sempre o fato de se estranharem tem a ver com a espécie e muitos vezes tem a ver com aquele animal em específico, é como o nosso ditado “às vezes o santo não bate”.
 
Também é preciso entender que quanto mais o animal for socializado com animais de outras espécies, mais facilmente ele vai aceitar outras criaturas em seu círculo familiar. Cães novinhos, por exemplo, precisam ver os gatos como um amiguinho da família desde novinhos.
 
 
 
Fonte: R7
 
Deixe seu comentário:
Nome:
Comentario:
Digite os caracteres que você vê na imagem


Comentários
FACECÃO A REDE SOCIAL DO SEU AMIGUINHO - 2012 ©Todos os direitos reservardos
Desenvolvido por: ELLOS DESIGN